quinta-feira, 5 de março de 2020

CRUZEIRO X Boa Esporte



Boa tarde meu povo!!!
Vamos lá falar sobre o jogo de ontem... moradora do Sul de Minas, era claro, óbvio que iria no jogo contra o Boa em Varginha.
E entre várias tentativas em organizar a ida de van, acabei indo de carro com amigos, rumo à classificação.
Chegamos no Estádio Municipal Prefeito Dilzon Melo, o famoso Melão por volta de 20h, pouco mais de uma hora do início da partida e o que via era a galera super animada e confiante.
Adentramos ao estádio e lá começou o teste para cardíaco.
O primeiro tempo até que foi melhor comparado ao segundo tempo, mas mesmo assim, o que via era um time sem jogadas, mal treinado e alguns jogadores que pareciam que estavam com diarréia.
Everton Felipe só andava em campo, Jesus!!! E não podia encostar nele que caía, parecendo jogador amador sem recurso.
João Lucas, que apesar de ter levado a autoria do gol, continua PÉSSIMO, sem recurso, e vou continuar cornetando... Deus queira que melhore ou que venha outro lateral.
O segundo tempo, como disse anteriormente foi um caos, sofrível, e ainda tomando o gol de empate.
A bola mal passava do meio de campo. E vou falar uma coisa: O que me irrita profundamente são aqueles toquinhos de bola entre os zagueiros e recuando para o Fábio... fico possessa.
O Adilson acho que vê outro jogo ou os jogadores no treinamento tem outro rendimento, só pode.
Já está na hora de sondar outro técnico porque a série B não é moleza.
O Thiago entrou para compor o elenco, porque não relou o pé na bola...aff!!
Temos muito que melhorar, acho que falta treinamento de jogadas ensaiadas, o departamento físico exigir um pouco mais dos jogadores, a maioria é molecada e precisa se doar mais em campo.

Enfim... com muito sofrimento e xingamento passamos para a próxima fase.
No final deu tudo certo!





sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Copa do Brasil... estreamos!



O maior ganhador da Copa do Brasil, o Cruzeiro estreou nessa quinta-feira na competição.
A expectativa era grande, já que é uma competição de mata-mata e o retrospecto do time Celeste é excelente nesse retrospecto.

Mas, não esperemos muito, pois com um time reformulado e uma diretoria empenhada numa reconstrução, cada jogo e cada fase será uma grande vitória e $$$ nos cofres do Maior de Minas.

O time Celeste viajou até Boa Vista, capital de Roraima para enfrentar o time do São Raimundo, estreante na competição.

O que anteriormente parecia ser um jogo fácil e de goleada, o Cruzeiro "penou" para conseguir segurar o empate no norte do país.

Com uma zaga frágil e exposta, acredito até que por um meio de campo pouco combativo, passamos por muitos sustos e o coração disparava a cada ataque do São Raimundo, principalmente nos minutos finais e com um jogador a menos (Que fase!)

O Cruzeiro cumpriu o regulamento, voltou para as Minas Gerais com um empate sofrido e a classificação para a próxima fase.

Estamos no início de um trabalho e sabíamos que não seria nada fácil, ainda mais na situação que estamos e pelo "andar da carruagem" o trabalho será grande.

Vâmo na fé, aos trancos e barrancos e com o coração forte para aguentar tanto sofrimento!




Ps: só eu que achei (acho) o lateral João Lucas péssimo???

Inté!

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Eu voltei... agora pra ficar! #Borareconstruir

Boa tarde Nação Azul...


A correria da vida e do trabalho me fez abandonar o blog durante um bom tempo... a última publicação foi há mais de 2 anos, quando comemorávamos mais um título.
Bons e saudados tempos!
Depois disso muita água passou debaixo da ponte e hoje estamos vivendo o pior momento da história do time celeste... um rebaixamento circundado de incompetência, corrupção e falta de amor ao Maior de Minas por parte de gestores que queriam tudo, menos o melhor do Cruzeiro.
Mas, o que não remediou, remediado está, não dá pra ficar chorando pelo leite derramado, a hora é colocar ordem na casa e reestruturar e ver quem realmente ama o Cruzeiro.
O campeonato Mineiro começou e a hora de testar jogadores e esquema tático é agora.
Ano que vem é o ano do centenário e se Deus quiser (Ele há de querer), e com uma gestão comprometida estaremos de novo na elite do futebol brasileiro, de onde não deveríamos ter saído jamais.



Ps: Agora (espero eu) sempre presente por aqui.

Inté!

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

É PENTAAAA!!!


E o que dizer da final da Copa do Brasil???
Um jogo truncado sem grandes lances mirabolantes e espetaculares.
Mas, a final foi o resultado de uma soma de grandes jogos e muita determinação do Time Celeste.
O Cruzeiro merecia ser campeão...foi o único dentre os grandes que estava desde o início e a cada jogo eliminando um a um e não foram jogos fáceis não.
O que dizer do primeiro tempo contra o Palmeiras em São Paulo em que estávamos ganhando por 3 X 0 e deixamos empatar. O Palmeiras promessa do início do ano, deixou claro que não seria fácil passar por ele. A decisão veio pra Minas Gerais... euzinha estava lá :) e quando vi o Palmeiras fazer 1X0 pensei: "Já era!", mas eis que o Time de guerreiros não deixou a peteca cair e no final do 2º tempo Diogo Barbosa empata e classifica o Cruzeiro para a semi finais.

Cruzeiro X Palmeiras

O time a ser vencido seria o Grêmio, que no ano passado foi nosso carrasco, era a hora de darmos o troco. Primeiro jogo no Rio Grande do Sul e foi nada fácil (pra variar) e o Cruzeiro voltou pra casa amargando uma derrota. Mas, dentro de casa fazemos a diferença, a torcida compareceu em peso, fez uma festa maravilhosa e apoiou o time o tempo todo. Precisávamos de uma vitória por no mínimo  de dois gols para classificarmos direto, mas sofrimento pouco é bobagem e Hudson faz 1X0 e leva a decisão para os penaltis.
Euzinha mais uma vez estava lá e confesso que na hora das penalidades não vi nenhuma, fiquei sentada rezando. E não foi brinquedo não, era um que errava de um lado e outro errava do outro. Coração a mil!
Mas, eis que Thiago Neves decide e classifica o Cruzeiro para a final.

 Cruzeiro X Grêmio

Mais uma pedreira para o Cruzeiro, enfrentaríamos o Flamengo. Primeiro jogo no Maracanã em pleno feriado com as atenções todas voltadas para o time carioca, que pra variar a impressa dava como certo o título... e parece que tudo conspirava a favor do time da gávea, já que Paquetá abre o placar com gol irregular. Deus é pai não é padrasto e numa falha do goleiro rubro negro Arrascaeta empata e deixa tudo igual no Rio de Janeiro. A decisão, mais uma vez seria em casa.

E eis que chega o grande dia...27/09/2017 uma noite pra ficar na história.
Saímos daqui de Alfenas por volta das 13hs, uma turma super animada e apaixonada pelo Maior de Minas (NCA - Nação Celeste de Alfenas),  a expectativa era grande e a ansiedade também. Fomos na maior animação, cantando a todo tempo, até pra ver se o tempo passava mais rápido, não víamos a hora de chegar no gigante da Pampulha.


Chegamos em Bh e o trânsito estava daquele jeito... e por volta das 19h desembarcamos no palco da grande festa...o Mineirão, e como estava lindo!!!!
Nos reunimos para acertarmos os detalhes da volta e lá fomos nós, fazer o reconhecimento ao entorno, não poderia faltar aquela cerva gelada e o famoso tropeiro.
O tempo passava e a hora do jogo se aproximava, e lá fomos nós adentrar a Toca III.
O Mineirão estava simplesmente maravilhoso!!! Recorde de público.
Uma linda festa comandada pela china azul.
E tem início o jogo. Coração a mil e como disse no início do post, não foi um jogo com grandes lances e o Cruzeiro que poderia ter arriscado mais com chutes de fora da área, para testar o goleiro do Flamengo, quase não o fez, e eu que acreditava que a vitória viria dentro dos 90 min, enganei-me, fomos para os pênaltis.
Esse foi o meu momento de introspecção e solidão. Recolhi-me na cadeira, fechei os olhos e juntei minhas mãos e as muitas orações que tantos faziam naquele momento e fiquei só a escutar os gritos da torcida foi quando meu filho me tomou nos braços e disse: "o Fábio pegou... agora é só o Thiago Neves fazer"... e ele foi lá e fez... Explode o Mineirão!
Que Festa!!
Que noite!!
Sensação indescritível poder presenciar de perto a conquista de um título, nada se compara e tudo vale a pena, até chegar em casa no outro dia às 8h da manhã e ter o dia inteiro de trabalho pela frente. 
Valeu a pena!!
Ser Cruzeiro é bom demais!!!!









quinta-feira, 13 de julho de 2017

Vitória Celeste

O que dizer depois do jogo de ontem X o meu último post do blog???
No mínimo contraditórios...e ainda bem!
Depois de uma enxurrada de críticas em relação a tudo (tudo mesmo), jogadores, comissão técnica, departamento médico, diretoria e uma série de partidas mal jogadas, parece que como num passe de mágica (será?) o Cruzeiro se restabeleceu e tirou a zica em duas partidas que deu gosto de ver.
Depois de estar vencendo o palmeiras de 3X0 pela Copa do Brasil, fora de casa (excelente vantagem) e deixar o time alviverde chegar ao empate, o time Celeste teve uma outra oportunidade de mostrar a que veio, e o que pode fazer, mas dessa vez pelo Campeonato Brasileiro, e que jogo!
Cruzeiro fez um ótima partida e conseguiu vencer por 2X1... (confesso que quando o Palmeiras fez o 1º gol, me veio o pensamento do último jogo), mas o time conseguiu manter o resultado e com mais 3 pontos subimos alguns degraus da tabela do brasileirão.
Foi um alívio!!!
Mas, futebol é assim...um jogo após o outro e o próximo adversário seria o Atlético PR em casa, com técnico novo (apesar de não estar em campo) e vindo de um série de derrotas, não seria nada fácil para o nosso Cruzeirão Cabuloso.
Que grata surpresa e que jogo!!!
Na escalação já gostei do que vi...um time pra frente (é pra frente que se anda) e pela primeira vez nesse brasileirão o Cruzeiro conseguiu emplacar duas vitórias seguidas.
Cruzeiro foi objetivo e soube construir muito bem as jogadas, mostrou segurança e assim chegar a vitória.
Com os desfalques, Lucas Silva conseguiu a vaga no time e foi muito bem, mandando um bola na trave logo no início da partida.
Lucas Romero improvisado na lateral mandou muito bem e não sentiu o peso de atuar no setor que não é seu.
Thiago Neves... o que foi aquilo!!!???? DRIBLE ESPETACULAR

Com gols do improvisado Lucas Romero e de Rafael Marques que havia acabado de entrar, o Cruzeiro com propriedade e autoridade mandou no jogo e mostrou o que é capaz.

Espero (de coração) que o time celeste continue nessa pegada (para nossa alegriaaaa!)

Sem mais. Inté!








A BELA E A BOLA © 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS